"As pessoas querem perguntar sobre minha vida, mas se vocês simplesmente olharem para as coisas que eu escrevo, ai sim saberão de toda minha história." (Marilyn Manson)

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

38 primaveras, 14 verões ao seu lado

Ouça a música enquanto lê o que tenho a dizer:





Eu sei que vou te amar - Vinícius de Moraes


Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar
E cada verso meu será
Prá te dizer que eu sei que vou te amar
Por toda minha vida
Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que esta ausência tua me causou
Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida





Apesar das brigas, desobediências e estresses que eu te dou, você é minha mãe e eu te amo! Mas além de você ser minha mãe - e fazer esse papel muito bem - eu tenho que exercer meu papel de filha - e amiga - também. Com isso, peço que se lembre que, a qualquer momento, principalmente nos mais difíceis, você pode recorrer a mim, como eu também recorro a você, e a partir dali farei de tudo para ser a melhor filha possível (porque a mais bonita eu já sou. Hahahaha.) Parabéns, felicidades e muitos, MUITOS anos de vida! Eu te amo muitãozão!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Cura Real

Uma mensagem muito interessante para refletirmos e colocarmos em prática.

"Quando não compreendemos a dor, ela nos dilacera. Quando entendemos seus fins, ela nos aperfeiçoa". (Provérbio Chinês)


Cura real

Não trate apenas dos sintomas, tentando eliminá-los sem que a causa da enfermidade seja também extinta. A cura real somente acontece do interior para o exterior...
Sim, diga a seu médico que você tem dor no peito, mas diga também que sua dor é dor de tristeza, é dor de angústia.
Conte a seu médico que você tem azia, mas descubra o motivo pelo qual você, com seu gênio, aumenta a produção de ácidos no estômago.
Relate que você tem diabetes, no entanto, não se esqueça de dizer também que não está encontrando mais doçura em sua vida e que está muito difícil suportar o peso de suas frustrações.

Mencione que você sofre de enxaqueca, todavia confesse que padece com seu perfeccionismo, com a autocrítica, que é muito sensível à crítica alheia e demasiadamente ansioso.

Muitos querem se curar, mas poucos estão dispostos a neutralizar em si o ácido da calúnia, o veneno da inveja, o bacilo do pessimismo e o câncer do egoísmo.
Não querem mudar de vida.
Procuram a cura de um câncer, mas se recusam a abrir mão de uma simples mágoa.
Pretendem a desobstrução das artérias coronárias, mas querem continuar com o peito fechado pelo rancor e pela agressividade.

Almejam a cura de problemas oculares, todavia não retiram dos olhos a venda do criticismo e da maledicência.
Pedem a solução para a depressão, entretanto, não abrem mão do orgulho ferido e do forte sentimento de decepção em relação a perdas experimentadas.
Suplicam auxílio para os problemas de tireóide, mas não cuidam de suas frustrações e ressentimentos, não levantam a voz para expressarem suas legítimas necessidades.

Imploram a cura de um nódulo de mama, todavia, insistem em manter bloqueada a ternura e a afetividade por conta das feridas emocionais do passado.

Clamam pela intercessão divina, porém permanecem surdos aos gritos de socorro que partem de pessoas muito próximas de si mesmos.
Deus nos fala através de mil modos; a enfermidade é um deles e por certo, o principal recado que lhe chega da sabedoria divina é que está faltando mais amor e harmonia em sua vida.
Toda cura é sempre uma autocura e o Evangelho de Jesus é a farmácia onde encontraremos os remédios que nos curam por dentro. Há dois mil anos esses remédios estão à nossa disposição.

Quando nos decidiremos?

******************************

Livro: O Médico Jesus

domingo, 30 de dezembro de 2012

Certezas incertas

  História, Geografia, essas matérias que aprendemos na escola não passam de teorias. Como saber se aquilo realmente aconteceu? Por que se um filósofo diz, todos devem concordar? Se há provas a favor, também podem existir contra. Ou não, já que ninguém se atreve a pensar diferente.
  Quem disse que Deus criou o mundo? Quem disse que o universo surgiu de uma explosão? Todos dizem, todos provam, mas e se não foi nenhum dos dois? Já pensou nisso? Claro que não. Afinal, pra quê pensar, se as respostas já vêm prontas na nossa mão? Com internet e televisão tudo ficou mais fácil, tornando-nos cada vez mais preguiçosos e alienados. Assim, qualquer coisa que alguém "importante" diz, vira verdade absoluta. Como podem ter tanta certeza de algo que não viveram, não criaram, nem presenciaram?
  Em meio a essas certezas incertas procuramos a verdade, mas esta é relativa. Vivemos num mundo onde o que é certo está errado, e o "errado" não existe. Não se pode afirmar nada, pois a única certeza da vida é a morte.

Beatriz Zarur.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

POR QUE OS HOMENS RARAMENTE ESTÃO DEPRIMIDOS (Julgamento feminino)

Não engravidam.
Os mecânicos não mentem pra eles...
Nunca precisam procurar outro posto de gasolina para achar um banheiro limpo.

Rugas são traços de caráter...
Barriga é prosperidade...
Cabelos brancos são um charme...
Ninguém fica encarando os peitos deles quando estão falando.
E quando saem, ninguém fica olhando a sua bunda. 

Os sapatos não lhes machucam os pés.
Poucas conversas ao telefone duram mais do que 30 segundos.
Para férias de 5 dias, apenas precisam de uma mochila.
Se outro aparecer na mesma festa usando uma roupa igual, não há problema.
Cera quente não chega nem perto. 

Ficam assistindo a TV com um amigo, em total silêncio, por muitas horas, sem ter que pensar: "Deve estar cansado de mim."
Se alguém se esquece de convidá-los para alguma festa, mesmo assim vai continuar sendo seu amigo.
Sua roupa íntima custa no máximo 20 reais (em pacote de 3).
Três pares de sapatos são mais que suficientes!
São incapazes de perceber que a roupa está amassada.
Seu corte de cabelo pode durar anos, aliás, décadas.
Nunca fazem chapinha ! 

Meia dúzia de cervejas e um jogo de futebol na televisão são o suficiente para extrema felicidade.
Os shoppings não fazem falta nenhuma para eles.
Podem deixar crescer o bigode.
Se um amigo chamá-lo de gordo, careca, bicha velha etc, não abala em nada a amizade.
Aliás, é prova de grande amizade!


terça-feira, 30 de outubro de 2012

Pedido de desculpas

Um dia desses fiz uma proposta a minha filha ''do meio'' (ela tem 13 anos), como sei que ela adora escrever (e faz isso muito bem) e eu ando super sem tempo pra cuidar aqui desse cantinho, sugeri que ela fizesse uma parceria comigo aqui no blog. Ao mesmo tempo que ela se animou demonstrou uma certa insegurança por não saber bem o que poderia trazer pra cá. Falei que não havia regras e que o tema era livre e que sempre que se sentisse inspirada tinha ''carta branca'' e acesso livre ao blog.

Bom, hoje ela estreou o espaço e sua primeira postagem veio em forma de uma ''D.R'' entre mãe-e-filha seguida de um lindo e comovente pedido de desculpas (como ela mesma emoldurou). 
Aqui em casa temos o hábito de conversar abertamente sobre tudo e eu sempre me policiei para ser o mais transparente possível com os meus filhos. Acho que essa é fórmula do sucesso nesse tipo de relacionamento, é a melhor maneira de manter a convivência mais fácil. Não escondo nada deles, sou amiga, dou abertura. Sendo assim, espero o mesmo com relação a eles.
Não sou uma pessoa que se decepciona fácil, pois não sou de criar expectativas, porém, quando se trata de filhos esse ''escudo de proteção'' acaba não sendo usado. 

Assim como ela, também tive uma noite de sono ruim, o corpo dói e cabeça não parou de trabalhar...
Existem mil maneiras de sermos pegos de surpresa. A de ontem foi frustrante e decepcionante, prefiro muito mais surpresas boas...como a de agora à pouco, por exemplo. Ainda existe uma luz no fim do túnel...que bom!!!
Bom, o castigo permanecerá, da mesma forma que vai demorar para que ela reconquiste a minha confiança, mas coração de mãe é mole e eu já perdoei. Não só pelo pedido de desculpas abaixo, mas porque eu já entendi qual foi a intenção antes mesmo de ler o lindo desabafo da minha Bia.


''Tantas brigas, discussões, desentendimentos, atitudes erradas, mentiras... Tudo isso faz parte de um relacionamento mãe-e-filha. Mas, nem sempre o que é normal é certo, assim como nem tudo que é certo é normal.Essa é uma frase para refletir.
  Mentir é errado, enganar também. Mas e se for com a melhor das intenções? E se eu não contar a verdade, pensando em, depois, ver um sorriso enorme estampado no seu rosto, ao olhar meu boletim e ver um notão? Afinal, existe gosto melhor do que ver seus pais transbordarem orgulho de você? Esse sim é o sabor da felicidade.
  Saiba que em momento algum tive malícia no que fiz, foi tudo por uma nota alta, tudo por você. Não queria causar problemas nem trair a sua confiança. Na verdade, essa era a última coisa que eu queria.
  Fiquei com esses pensamentos desde quando olhei pra você, parada no portão, com aquele olhar desapontado, até agora, ao acordar. Não dormi direito por esse motivo.
  Imaginei também como meu pai reagiria a tal situação. Não demorou muito e me entristeci ainda mais por perceber que errei com as pessoas que mais amo. Todos que conheço, e até mesmo ele, que embora nunca tenha conhecido, é o homem mais importante para mim, como já não sei se significo o mesmo para este. Para ser franca, sempre tive minhas dúvidas quanto ao amor do meu pai por mim, já que se foi sem, ao menos, saber o meu sexo. E agora, depois de tudo isso, esse sentimento agoniza-me a alma, tornando-se cada vez maior, e, então, deprimindo-me mais e mais. No entanto, prefiro acreditar que, aonde quer que ele esteja, sabe que não fiz por mal, e me entende. Tomara que eu tenha razão.
  E, mais uma vez, peço mil - das mais sinceras - desculpas à todos, principalmente à você e àquele que ambas amamos incondicionalmente.

Eu amo vocês!

Beijos, Beatriz Zarur.''


quinta-feira, 25 de outubro de 2012

FELICIDADE E CURA


Carta poema escrita por uma paciente oncológica, quando soube que não necessitava de mais tratamentos. 
Mesmo doente encontrou a felicidade, daí descobriu, com exames médicos, que não tinha mais a doença. Não se diz curada. Sim, transformada. Declara constantemente que: 

"Não é a cura que nos causa a felicidade. 
É a felicidade que nos causa a cura".
"Não perca sua serenidade.
A rai
va faz mal à saúde, o rancor estraga o fígado, a mágoa envenena o coração.


Com os nossos pensamentos e palavras, construímos o verdadeiro mundo em que vivemos. Vigie o momento presente, para que seu futuro seja feliz.
Tenha fé em si mesmo, porque Deus habita em você.
Procure dar o mais que puder: - Uma boa palavra, um sorriso, um gesto de incentivo, um pensamento generoso e você há de sentir em seu coração a grande verdade: - É muito melhor dar que receber!


Caminhe alegre pela vida!
Seja forte e corajoso: não se deixe vencer pela adversidade, pela doença, pela dor.
Não desanime!
Aprenda a começar e recomeçar; se errou, erga-se e continue!
Não dê ouvidos às perdas colocadas pela inveja, pelo ciúme, pela intriga.
Para que sua dor doa menos, aprenda com ela, porque ela representa sua libertação!
Não julgue seu próximo. Não julgue para não ser julgado.
Não se deixe arrastar pela vaidade; aprenda a se conhecer.
Não pense que abandonar a vida poderá resolver seu caso.
Não deixe que a calúnia o perturbe.

Derrame os raios do sol da alegria em torno de você!
Conheça a si mesmo, para viver uma vida mais consciente e feliz!
Deus quer apenas nosso bem e nossa felicidade e nos dá os meios de sermos felizes!
Cuide bem do seu corpo, mas não esqueça de sua alma.
Não fique remoendo as coisas do passado, não se deixe prender por mágoas e ressentimentos: levante e siga à frente, o mais rapidamente que puder!
Dê a mão a todos aqueles que estiverem caídos em seu redor: você não sabe onde seus passos tropeçarão.

Para você subir na vida, existem dois degraus de suma importância e são representados por dois verbos: "Amar e Servir".
Mente sã, corpo são : não é a mente que depende da saúde do corpo; ao contrário, é o corpo que depende da mente sadia.
Procure compreender o próximo!
Ajude a todos como desejaria ser ajudado!
Não esqueça que somos o reflexo daquilo que pensamos!
Viva com simplicidade: busque na simplicidade a solução de todos os seus problemas.
Mantenha seu equilíbrio: ele depende da serenidade da mente.
As palavras delicadas e serenas são a manifestação dos pensamentos, a fim de criar um mundo de paz e beleza, de saúde e felicidade!

Não se desespere diante das dificuldades: colhemos aquilo que plantamos.
O amor é uma doação e não uma exigência.
Quem realmente ama, dá tudo e nada pede.
Amar não é receber, é dar!
Faça questão de ser otimista: nada na terra pode destruir a felicidade do homem otimista e alegre!
Se alguém diz que ama a Deus, mas não ama o seu semelhante, é mentiroso. Deus está dentro de todas as criaturas!
Esqueça um pouco de si mesmo, e pense nos outros: nestas palavras está encerrado o maior segredo da felicidade!

Já pensou em agradecer a Deus pelo ar que respira, desde que nasceu, sem que jamais tenha lhe faltado?
Agradeça ao Pai também o sol que ilumina seu dia, dando-lhe oportunidade de trabalho, noite que lhe proporciona o repouso, a água que lhe mata a sede, a saúde, 

a alegria, os amigos.
Agradecimento é uma obrigação que não devemos jamais esquecer.
Levante sua vida com o doce sentimento do amor!
Emita pensamentos positivos de saúde e expulse de seu organismo todas as moléstias.
Lembre-se de que o amor ao próximo é o segredo da nossa felicidade.

Quem alimenta o ódio, atira fogo ao próprio coração.
Quando a irritação nos move, a saúde se descontrola, os órgãos se perturbam e sofremos terrivelmente.

Aprenda a respirar. A respiração é a fonte de vida.
Não permita que a mágoa o perturbe; procure ter mais calma, para ouvir a voz silenciosa de Deus dentro de você!
Modifique seu modo de pensar, para que sua saúde se firme e estabeleça.
Você jamais está abandonado: - O Pai não abandona ninguém!
Seja atencioso e compreensivo.


E se alguém não o compreender, perdoe e siga em frente: 


- Cada um recebe de acordo com o que se dá!

Tenha fé no seu físico e esteja certo de que todos seus órgãos funcionarão perfeitamente!
Não ponha limites à sua vida.
Viva sorridente e alegre, para espantar as preocupações, para aliviar as lutas.


A vida é bela apesar das dores e contratempos."

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Aprendi no Jardim de Infância.

Tudo o que hoje preciso realmente saber, sobre como viver, o que fazer e como ser, eu aprendi no JARDIM DE INFÂNCIA. A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia.

Estas são as coisas que aprendi:


1. Compartilhe tudo;
2. Jogue dentro das regras;
3. Não bata nos outros;
4. Coloque as coisas de volta onde pegou;
5. Arrume sua bagunça;
6. Não pegue as coisas dos outros;
7. Peça desculpas quando machucar alguém; mas peça mesmo !!!
8. Lave as mãos antes de comer e agradeça a Deus antes de "papar", de deitar;
9. Dê descarga;
10. Biscoitos quentinhos e leite fazem bem para você;
11. Respeite o limite dos outros;
12. Leve uma vida equilibrada: aprenda um pouco, pense um pouco... desenhe... pinte... cante... dance... brinque... trabalhe um pouco todos os dias;
13. Tire uma soneca a tarde; (isso é muito bom)
14. Quando sair, cuidado com os carros;
15. Dê a mão e fique junto;
16. Repare nas maravilhas da vida;
17. O peixinho dourado, o hamster, o camundongo branco e até mesmo a sementinha no copinho plástico, todos morrem... nós também. Portanto, cuide deles em vida.

Pegue qualquer um desses itens, coloque-os em termos mais adultos e sofisticados e aplique-os à sua vida familiar, ao seu trabalho, ao seu governo, ao seu mundo e vai ver como ele é verdadeiro, claro e firme. Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos com leite quentinho e todos os dias, por volta das três da tarde, e pudéssemos nos deitar com um cobertorzinho para uma soneca. Ou se todos os governos tivessem como regra básica, devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a bagunça ao sair. Ao sair para o mundo é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos. É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão.

Seria bom se todos os dias brotassem flores do JARDIM DE INFÂNCIA dentro do nosso "CANIL COTIDIANO".

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!!!!!!!!!!


terça-feira, 2 de outubro de 2012

Reconheça as bençãos de Deus...e agradeça!!!

"Sonhei que fui para o céu e um anjo estava me mostrando o lugar. Caminhávamos lado a lado por um "escritório" cheio de anjos. Meu anjo da guarda parou em frente à primeira seção e me disse:
- Essa é a seção dos Recebimentos. Aqui, todos os desejos pedidos a Deus em oração são recebidos. 

Olhei ao redor e estava tudo muito movimentado, com muitos anjos selecionando pedidos em volumosas folhas de papel e recados de gente do mundo todo. E aí continuamos a descer por um longo corredor até chegarmos à segunda seção.
Então o anjo me disse:
- Essa é a seção de Empacotamento e Entregas. Aqui, as graças e bênçãos pedidas pelas pessoas são processadas e entregues aos que as pediram.
Percebi como, novamente, o lugar estava. Havia muitos anjos trabalhando naquela seção, pois várias bênçãos tinham sido pedidas e estavam a ser empacotadas para a entrega na Terra. 

Finalmente, bem distante, no fim daquele corredor paramos em frente a uma porta. Para minha surpresa, havia somente um anjo sentado ali, sem fazer nada. 

- Essa é a seção do Reconhecimento, disse-me o anjo, admitindo isso, parecendo envergonhado.
- Como assim, não há nenhum trabalho sendo desempenhado aqui? Perguntei.
- “É mesmo muito triste”- o anjo suspirou. Depois que recebem as bênçãos que pediram, poucos retornam para o reconhecimento.
- E como podemos reconhecer as bênçãos de Deus? Perguntei-lhe.
- Simples, o anjo respondeu. É só dizer, Obrigado Senhor.
- E quais bênçãos deveriam ser reconhecidas? Novamente perguntei.
- Se você tem comida em sua geladeira, roupas sobre você, um teto e uma cama para dormir você é mais rico do que 75% das pessoas desse mundo. Se você tem dinheiro no banco, na sua carteira e o troco de uma refeição, está entre os 8% de afortunados do mundo.
- E se você receber isso no seu próprio computador, você faz parte do 1% do mundo que tem essa mesma oportunidade.
- Se acordou hoje com saúde, você é muito mais feliz que os muitos que não conseguirão nem ao menos sobreviver ao dia de hoje.
- Se nunca teve de provar o medo em uma guerra, a solidão da prisão, a agonia da tortura ou pontadas de fome no estômago, está acima de 700 milhões de pessoas nesse mundo.
- Se podes ir à Igreja sem temer assédio, prisão, tortura ou morte, você é mais privilegiado que três bilhões de pessoas no mundo todo.
- Se teus pais estão vivos e ainda vivem juntos, você é ainda mais raro.
- Se podes erguer sua cabeça e sorrir estás entre poucos. Grande número de pessoas está mergulhado em dúvida e desespero.
- Está bem. E agora? Como posso começar?
- Se pôde ler essa mensagem, recebeste uma dupla bênção, pois alguém pensava em você como sendo muito especial e és mais abençoado do que mais de dois bilhões de pessoas no mundo que não conseguem ao menos ler.

Tenha um grande dia. Conte todas as suas bênçãos. E se você não se importa, repasse a todos para lembrá-los o quão abençoados e especiais somos. "

ATENÇÃO: Departamento de Reconhecimento

"Obrigado, Senhor, pela habilidade de compartilhar essa mensagem e me presentear com tantos amigos com quem posso dividir esta bela lição. Eu agradeço a Deus por tudo, em especial toda a minha família e os meus amigos!”.
Autor desconhecido.



domingo, 30 de setembro de 2012

COMO SE FOSSE O ÚLTIMO

PARA REFLETIR E PRATICAR ENQUANTO HÁ VIDA...NUNCA É TARDE!!!!

''Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último para dizer “obrigada”. O último para dizer “me desculpa”. O último para dizer “eu te amo”. O último para abraçar cada pessoa amada com aquele abraço bom que faz um coração cantar para o outro. O último para apreciar a vida com o entusiasmo que não guarda nenhuma delícia nem ternura pra depois. O últ
imo para fazer as pazes. Para desfazer enganos. Para saborear com calma, como se me servissem um banquete, a preciosidade genuína que cada único respiro humano representa.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último pra esquecer tolices. O último para ignorar o que, no fim das contas, não tem a menor importância. O último para rir até o coração dançar. O último para chorar toda dor que não transbordou e virou nódoa no tecido da vida. O último para aprontar todas as artes que a emoção quiser. O último para ser útil em toda circunstância que me for possível. O último para não deixar o tempo escoar inutilmente entre os dedos das horas.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último para me maravilhar diante de cada expressão da natureza com o olhar demorado de quem olha pela primeira vez. O último para ouvir aquela música que acende sóis por toda a extensão da minha alma. O último para ler, de novo, o poema que diz tanto de mim que eu me sinto caber nos olhos do poeta que o escreveu. O último para desembaraçar os fios emaranhados dos medos que me acompanham.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. Eu não perderia uma chance para me presentear com os agrados que me nutrem. Eu criaria mais oportunidades para dizer o meu amor. Para expressar a minha admiração. Para destacar para cada pessoa a beleza singular que ela tem. Para compartilhar. Eu não adiaria delicadezas. Não pouparia compreensão. Não desperdiçaria energia com perigos imaginários e com uma série de bobagens que só me afastam da vida.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último, porque pode ser.''

(Ana Jácomo)


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

QUANDO EVOLUÍMOS?




QUANDO EVOLUÍMOS?
Quando mudamos?
Quando encontramos prazer em servir, em ser útil.

Quando amadurecemos?
Quando a ofensa já não nos ofende, o orgulho é morto.

Quando amamos?
Quando todos se tornam iguais diante das nossas atitudes.

Quando sofremos?

Quando nos apegamos aos bens perecíveis do mundo.
Quando nos iludimos?
Quando acreditamos que estamos prontos, maduros e seguros.

Quando aprendemos?

Quando a lição, seja pelo amor ou pela dor, retifica o nosso agir.
Quando conquistamos?
Quando marcamos na alma de alguém com um gesto amoroso.

Quando morremos?
Quando desprezamos a oportunidade de servir.
Quando nos tornamos cristãos?
Quando o Cristo vive em nossas atitudes,quando deixamos de falar em Jesus, e praticamos o que Ele deixou de lição.

Quando seremos felizes?
Quando nossas mãos calejadas ou não pelo trabalho, servir mais para levantar o irmão caído,do que para atirar pedras.
Quando descruzarmos os braços diante do sofrimento alheio, quando a humildade for a companheira mais constante.
Quando descobrirmos finalmente,que somos todos passageiros do mesmo barco, movidos pelos remos das nossas atitudes.

Por isso, por onde você passar, leve esperança, seja o que consola, e será consolado.
Seja o que ampara, e será amparado.
Seja o amor, e será amado, seja o que reconcilia e será ligado no céu, tudo o que você ligar na Terra.

"O olho é a lâmpada do corpo. Se teu olho é bom, todo o teu corpo se encherá de luz. Mas se ele é mau, todo teu corpo se encherá de escuridão.Se a luz que há em ti está apagada, imensa é a escuridão."Jesus (Mateus 6.22-23)

(Paulo Roberto Gaefke)

Fonte: Mensageiros de Luz (Facebook)

...

myfreecopyright.com registered & protected